Conquistas em M’ Boi Mirim, Campo Limpo e Santo Amaro foram destaques da Caravana com Haddad

Compartilhar

 

A primeira das nove plenárias de prestação de contas do PT com Haddad aconteceu neste sábado (05/03), no Clube Indiano, M’ Boi Mirim. A atividade realizada pelo Diretório Municipal do PT-SP abrangeu os Diretórios Zonais de Campo Limpo, M Boi Mirim e Santo Amaro.

De acordo com Haddad, o conjunto de ações na zona sul é extraordinário e tem impacto sistêmico, o que foi realizado em determinado lugar beneficia outras áreas da região da cidade. Como exemplo ele citou a entrega de 500 leitos novos leitos no Hospital de Campo Limpo e a construção das novas pontes São Pedro e Laguna construídas sobre a Marginal Pinheiros e da avenida Luiz Gushiken. “Fizemos muito mais em quatro anos com dificuldades na economia do que eles (Serra e Kassab) que tiveram 8 anos de gestão com a economia crescendo a 5 % por ano”, afirma o prefeito.

Ao comparar as ações da gestão Haddad com a atuação dos tucanos, Haddad apresentou as questões: “Sabe qual o ritmo tucano das obras do metrô? Um jaboti anda mais de 100 metros por hora, uma lesma anda 10 metros por hora. O metrô anda 27 cm por hora, ou seja, uma lesma anda mais rápido do que a atuação deles na mobilidade no estado. É este o Acelera São Paulo que eles querem para a cidade? Quantas UPAs, corredores de ônibus e UBSs  os tucanos fizeram na cidade? As coisas estavam regredindo com um pico de crescimento econômico a 5% no ano”, destacou ele.

O presidente do Diretório Municipal do PT-SP, Paulo Fiorilo ministrou a plenária que garantiu a fala das demandas de todos os representantes dos Diretórios Zonais. Entre as questões apresentadas pelos estavam a necessidade de melhorar a comunicação das ações da prefeitura, o aumento da autonomia das subprefeituras e a indignação com o abuso da justiça e da grande imprensa com a tentativa de criminalizar o PT.

Além da atuação da prefeitura, a indignação pela medida coercitiva que levou o Lula a depor na última sexta-feira (04/03) foi destacada na plenária. Sobre o assunto, o Padre Jaime ressalta “Nós construímos este país com muito suor, este é momento de levantar a cabeça e como diz o Frei Beto  reconstruirmos a esperança”, disse o padre. 

 O presidente do Diretório Estadual Emídio de Souza destacou que a vitória do prefeito Fernando Haddad é prioritária para o partido.  “Muitos deixaram o PT querendo ser maior do que o partido, mas nenhum conseguiu ser maior”. Sobre os ataques ao partido ressaltou “Quando tentarem qualquer tipo de golpe vão encontrar homens e mulheres prontos para a luta. Nós não vamos paralisar por conta de qualquer ataque que se faça ao PT ”, disse ele ao ressaltar também que o PT sempre valorizará o combate a corrupção.

Além dos presidentes dos Diretórios Zonais de Campo Limpo Paulínia, Santo Amaro Mazé e M’ Boi Mirim Jorjão e membros da executiva municipal do PT Maria Rocha, Luciano Barbosa,  Osvaldo Bezerra “Pipoca” e Cleuza Garcia, estiveram presentes os parlamentares Carlos Zaratini, Vicente Cândido, Enio Tatto, Jair Tatto, Alfredinho, Antônio Donato, Paulo Reis; os secretários Alexandre Padilha de Saúde, Chico Macena de Governo, Valter Correia de Gestão, Arthur Henrique do Empreendedorismo e Trabalho, Simão Pedro de Serviços, José Américo de Relações Governamentais, Jilmar Tatto de Transporte; os subprefeitos de Santo Amaro Laércio Ribeiro, M’ Boi Mirim Nerilton Antônio do Amaral e o chefe de Campo Limpo João Carlos Alves.

Combate à corrupção:

De acordo com Haddad se tem um governo que pode falar de ética é o atual. “Combatemos a máfia do ISS e a máfia da Controlar. A máfia do ISS, desviou 500 milhões. Não é só combater a corrupção é exigir a devolução de centavo por centavo”, disse ele.

Ações para cidade

Haddad falou sobre o conjunto de ações que tem mudado a cara de São Paulo. “Criamos o recorde de vagas na educação infantil, foram mais de 80 mil novas vagas e implantamos universidade em 31 CEUS da cidade. A prefeitura vai inaugurar 20 salas de cinemas nos CEUs  para levar cultura para as áreas mais carentes da cidade. Hoje 50% da população da periferia  nunca foi ao cinema. Teremos 1 milhões de ingressos por ano”.

Ações na região

Sobre as ações de mobilidade para região falou sobre a entrega de duas pontes na região que vão aliviar o trânsito na ponte João Dias.  Na área de serviços destacou que o bairro do Jardim Ângela terá toda iluminação de led até junho.

A iluminação de led representa mais segurança e economia, de acordo com Haddad em breve esta iluminação será levada para toda cidade, pois ela tem o dobro da capacidade de iluminação e representa economia de até 50% na conta de luz.

Comunicação

O prefeito destacou que a comunicação é um problema sério e complexo de ser resolvido, devido à oposição da grande imprensa. “Muitas ações como a construção do Hospital Parelheiros, uma conquista que representa 30 anos de luta, os moradores não sabem que será entregue este ano. Mas quando as pessoas estiverem prestando a atenção nas eleições, nós vamos levar a informação e eles (os grandes veículos de imprensa) vão ficar como mentirosos”, disse Haddad.

 

 

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais