Haddad inaugura ponte sobre o rio Pinheiros com ciclovia e espaço para pedestres

Compartilhar

A nova ponte Laguna, sobre o rio Pinheiros, está aberta à circulação de pedestres, ciclistas e veículos. A obra, entregue nesta quarta-feira (4), alivia o trânsito da ponte João Dias, sentido Interlagos. A ponte foi construída com recursos da Operação Urbana Águas Espraiadas, que prevê ainda o alargamento da avenida Chucri Zaidan, com instalação de corredor de ônibus e ciclovia.

Na inauguração, o prefeito Fernando Haddad reafirmou a importância da nova estrutura para a população da região. “Além de aumentar a mobilidade, estamos integrando todos os parques do entorno do rio Pinheiros. O Parque do Povo, o Villa-Lobos, o Ibirapuera e agora o Burle Marx estão ligados por malha viária e cicloviária, o que permite mais lazer”, disse o prefeito.

A ponte Laguna tem acessos pela rua Laguna e pela Marginal Pinheiros. Realiza a travessia do rio Pinheiros em apenas um sentido, da área da Granja Julieta para a região do Morumbi, na zona sul. Será uma alternativa para os veículos que se deslocam da avenida Santo Amaro rumo à Marginal.  Conta também com uma saída para o Parque Burle Marx. Os automóveis farão o sentido oposto de circulação por meio da ponte Itapaiúna, que está sendo construída pela iniciativa privada como compensação de um polo gerador de tráfego.

A estrutura tem 365 metros de extensão, duas faixas de rolamento, ciclovia e passeio. “A ponte desafoga a ponte João Dias e também a ponte do Morumbi. Dá uma amenizada também na Giovanni Gronchi. A ciclovia conecta-se com a da Hebe Camargo, que sai lá na Francisco Morato. Vai estar também conectada com o corredor da Berrini e da Chucri Zaidan”, explicou o secretário Jilmar Tatto (Transportes). 

Atualmente, na ponte João Dias, passam 6.000 veículos/hora e na ponte do Morumbi, 5.300/hora. Na tarde desta quarta (4), até às 17h, 420 carros por hora passaram pela ponte Laguna. A estimativa da CET é que 2.000 veículos por hora utilizem a ponte.

As obras receberam investimentos de cerca de R$ 160 milhões e começaram em janeiro de 2015.

Prolongamento
A intervenção inaugurada integra o Complexo Viário Chucri Zaidan, projeto de prolongamento da avenida Chucri Zaidan até a avenida João Dias. “Nós estamos começando a obra de ampliação da Chucri e quando estiver pronta vamos ter a totalidade de uso do complexo”, disse o secretário Roberto Garibe (Infraestrutura Urbana e Obras).

No total, serão 3,25 quilômetros de obras viárias, incluindo 2,8 quilômetros de alargamento em nível e 880 metros de túnel. O complexo será interligado com a malha cicloviária da região e contará com espaço exclusivo para ônibus. As obras de prolongamento e a ponte recebem o total de investimentos de R$ 404 milhões. A previsão de entrega do complexo é de oito meses.

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais