Em Caravana na leste 3, Haddad anuncia iluminação de led em bairros da região

Compartilhar

 

 

O prefeito Fernando Haddad anunciou que levará iluminação pública de 100% led para os bairros Sapopemba, São Rafael, Lageado, Cidade Tiradentes, Jardim Helena, Itaim Paulista na zona leste.  O anúncio foi feito durante a Caravana de Prestação de Contas na leste 3, que abrange os Diretórios Zonais de Guaianases, Itaquera, Cidade Tirantes e Vila Matilde.

De acordo com Haddad a ideia  “É garantir segurança nas ruas para esses trabalhadores do fundão; é garantir que possam se apropriar do espaço.Tenho relatos de mulheres e crianças que descobriram a cidade depois da iluminação led”, comemorou.

A Caravana na leste 3 lotou o auditório em Guaianases, mais de 700 pessoas participaram da atividade. Durante o evento, o Coletivo de Mulheres da Cidade Tiradentes fez uma intervenção de apoio a presidenta Dilma Rousseff e ressaltou a necessidade da militância permanecer firme no discurso #ForaTemer e #VoltaDilma.

O presidente do Diretório Municipal do PT-SP destacou as atividades realizadas pelo Diretório Municipal  do PT-SP e chamou a militância a permanecer em mobilização permanente. A membra do Diretório Municipal Barbara Corales “Baby” falou sobre a necessidade de fazer a campanha eleitoral do Haddad junto com a campanha de combate ao golpe na democracia.  Diumázio Aprigio da executiva municipal do PT ressaltou que “os golpistas não conhecem a garra dessas mulheres que vão à luta”.

O prefeito Fernando Haddad elogiou a qualidade das intervenções feita pelos participantes da Caravana e falou sobre o que tem realizado na cidade. Sobre habitação, o prefeito destacou “Se o Minha Casa, Minha Vida não for liquidado pelo governo Temer, nós temos como conseguir concluir 55 mil unidades habitacionais. Temos que lutar para não acabar com o programa Minha Casa, Minha Vida”.

Sobre os problemas de drenagem na região apontados pelos participantes, Haddad destacou a importância de cobrar atuação também do governo do estado. De acordo com ele 8 ou 9 dos principais córregos da cidade deságuam no Rio Tietê. “Se o Tietê está assoreado não tem piscinão que dá conta, nós já notificamos o governo do estado. Sozinhos nós não vamos consegui resolver o problema. Não é tirar o corpo fora, mas precisamos colocar o corpo deles dentro”, disse Haddad

O prefeito mencionou que o PSDB governa há 22 anos o estado de São Paulo, e os moradores de Cidade Tiradentes, São Mateus, Guaianases cansaram de esperar a chegada do metro, por isso a prefeitura implantou as faixas de ônibus. “Como é que o logo deles pode ser Acelera São Paulo, se os próprios governam com lentidão. Fui pesquisar os animais mais lentos na internet e encontrei que a tartaruga anda 100 metros por hora, a lesma 10 metros por hora e o metro anda 15 cm por hora. Nesta velocidade o metrô vai demorar 150 anos para chegar na Cidade Tiradentes”,  disse Haddad.

De acordo com Haddad, o desafio é chegar no segundo turno e para isso o engajamento da militância é fundamental, o prefeito reafirma  que ao chegar no segundo turno  tem segurança da vitória. “Precisamos vencer para dar continuidade ao nosso projeto. Nós desenhamos um Plano Diretor para 15 anos, reduzimos a dívida de 74 milhões para 28 milhões”.

Além do presidente do Diretório Municipal do PT-SP Paulo Fiorilo e da secretaria de Combate ao Racismo Cátia Silva, que conduziu as intervenções dos participantes, também compuseram a mesa os presidentes dos Diretórios Zonais de Guaianases José Ferreira “Maguila”, Cidade Tiradentes Wenceslau “Lau”, Itaquera Moreira “Guedis”, Vila Matilde Elias Candido, os membros da executiva municipal Luiz Roque, Diumazio Aprígio; os subprefeitos de Itaquera Maurício Martins, Cidade Tiradentes José Guilherme, Guaianases Mara Gianetti e São Miguel Tim Maia.

Estiveram presentes na plenária os pré-candidatos a vereador Eduardo Suplicy, Simão Pedro e Buiú Unas; os secretários de Saúde Alexandre Padilha, Trabalho e Desenvolvimento Artur Henrique, Relações Governamentais José Américo; a vereadora Juliana Cardoso, os vereadores  Senival Moura, Alessandro Guedis; o deputado estadual Zico Prado.

Crédito foto: Silene Santos

 

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais