Haddad inaugura creche para 244 crianças na Vila Brasilina

Compartilhar

 

A Vila Brasilina, na zona sul da Capital, ganhou uma nova creche para 244 crianças de zero a três anos. A comunidade do bairro não recebia novos Centros de Educação Infantil há 30 anos e lutava pelo espaço há oito. Em toda cidade, Prefeitura já abriu 90 mil vagas de educação infantil (creches e pré-escola). O prefeito Fernando Haddad visitou nesta terça-feira (31) o CEI Eurídice Ferreira de Melo e conversou com educadores e mães.

“Queremos construir uma cidade com outra cara, mas a educação tem que ser a base de tudo. Podemos investir montanhas de dinheiro para cuidar da cidade, mas o resultado vai ser menor sem a educação. É só ela que promove esse encontro em que as pessoas se respeitam, com tolerância e compreensão à diferença”, afirmou Haddad, após conhecer as instalações da creche.

A unidade é administrada pela União de Núcleos, Associações dos Moradores de Heliópolis e Região, responsável por mais 15 unidades na região. Seu nome homenageia Eurídice Ferreira de Melo, a Dona Lindu, mãe do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O edifício abrigava anteriormente uma escola particular, desativada há quase 10 anos. A Diretoria Regional de Ensino do Ipiranga tem planejada a abertura de mais uma creche e um Centro Municipal de Educação Infantil, com 239 vagas. “Toda criança tem que ter o direito de estudar. Temos a primeira geração em que todas as crianças vão ser alfabetizadas. A gente tem que fazer com que a educação seja o princípio para solucionar a desigualdade. A gente começa a realizar a verdadeira justiça social quando damos oportunidade para todo mundo”, disse o secretário municipal Gabriel Chalita (Educação). 

As crianças são atendidas em 13 salas de aula, além de refeitório, cozinha, lactário, quadra externa e solário. Trabalham no local 38 educadores, sendo 26 professores de educação infantil.

“Eu fiquei quase um ano na fila. Desde que entrou aqui, minha filha evoluiu muito, para falar, para andar. Nós fomos muito bem acolhidas e, com a creche, agora eu consigo trabalhar”, conta Bárbara dos Santos Cardoso, mãe de uma aluna de um ano e sete meses.

 

Expansão

Desde 2013, a Prefeitura abriu 90.455 novas vagas para crianças até 5 anos, sendo quase 74 mil em creches. São 370 novas CEIs, em imóveis próprios ou locados com entidades parceiras. Está programada a abertura de mais 152 equipamentos, sendo 38 creches e 31 EMEIs concluídas e 53 creches e 17 escolas de educação infantil em construção, além de oito CEUs, que também terão unidades para a faixa etária.

 

Fonte: Prefeitura de SP - Secom

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais