Haddad ressalta a importância do PT para gerir a cidade em Caravana com as zonas Oeste e Centro

Compartilhar

 

 

O prefeito Fernando Haddad destacou a importância do Partido dos Trabalhadores para governar a cidade de São Paulo, durante a Caravana com as regiões centro e oeste, realizada no sábado (18), no auditório dos Químicos, na Liberdade.

Segundo Haddad, não existe governo que não erra, mas se erra muito menos quando você tem o movimento do seu lado. “O prefeito não está na cidade inteira, mas o PT está. Não existe outro partido com a capilaridade do Partido dos Trabalhadores”, afirmou.

O prefeito ainda complementou que os melhores governos da capital paulista foram feitos pelo PT. Haddad ressaltou que “quem faz mais para periferia não é a Erundina, a Marta e o Haddad, é PT que faz”, diz.

Sobre as realizações na cidade, Haddad citou o combate a corrupção com a criação da Controladoria Geral do Município e a recuperação de R$278 milhões, que tinham sido desviados pela máfia do INSS e em Operação Urbana.

Realizações
Durante o encontro, o prefeito citou realizações em diversas áreas da cidade. Na área de mobilidade, citou 1 milhão de metros quadrados de recuperação das calçadas e a diminuição da velocidade das vias que chegou a 247 mortos e 9247 feridos a menos. Além disso, Haddad lembrou a implantação do Passe Livre para os estudantes e idosos a cima de 60 anos.

Na área da educação, ele falou sobre as universidades gratuitas nos CEUs, a ampliação das escolas de tempo integral, o fim da aprovação automática e a devolução da autonomia das escolas sobre a aprovação dos alunos e a previsão de que até o fim do ano sejam no total 104 mil novas vagas para educação infantil criadas pela gestão atual.

Na Saúde, mencionou a construção dos Hospitais Santa Catarina, Brasilândia e Parelheiros e falou sobre a implantação dos Hospitais Dias nas regiões e que em breve terá a sua 24° unidade implantada na cidade.

Para trazer mais segurança a população, Haddad afirmou que está implantando a iluminação de LED começando pelas regiões de periferia, onde os moradores saem mais cedo de casa e chegam mais tarde. De acordo com o prefeito, já foram implantadas mais de 120 mil luminárias que corresponde a cerca de 15% da iluminação da cidade.

Participantes
A mesa foi coordenada pelos membros da executiva municipal Luiz Roque e Vera Machado. Além do prefeito Fernando Haddad, participaram da caravana os presidentes dos Diretórios Zonais do Centro Carmem Silva, de Pinheiros Larissa D’Alckmin, do Butantã Penha Silva e de Perdizes Roberto Souza.

Estiveram presentes na Caravana os secretários do Trabalho Artur Henrique, das Relações Governamentais José Américo, de Serviços Alberto Serra, as secretárias de Política para as Mulheres Denise Motta Dau, de Licenciamento Paula Motta Lara; os parlamentares Carlos Zaratinni, Vicente Cândido, Paulo Reis e Nabil Bonduki; os pré-candidatos a vereador Eduardo Suplicy e Simão Pedro e Assis; os membros da executiva municipal João Bravin, Maria Rocha, Helo Regina, Cleusa Garcia, Luciano Barbosa e Francisco Carvalho; como representante do programa de governo 2016 estava Fabio Manzini.

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais