Haddad participa de encontro com educadores

Compartilhar

 

 

Prefeito e candidato à reeleição ressaltou a importância da implantação da Rede UniCEU no município para a formação de professores

 

O prefeito e candidato à reeleição, Fernando Haddad (PT/PCdoB/Pros/PDT/PR), participou na manhã desta quinta-feira (25/08) do 20º Congresso Anual do Sindicato dos Especialistas de Educação do Ensino Público Municipal de São Paulo, que reuniu cerca de 800 pessoas no Teatro Gazeta, na região central. No encontro, Haddad falou sobre a implantação das UniCEUs, que têm capacidade para oferecer, até o fim deste ano, 46 mil novas vagas de ensino superior gratuitas. A rede UniCEU possui cursos diversos, como Pedagogia, Matemática, Letras, e as aulas são ministradas por universidades federais e estaduais. "Nós temos capacidade instalada para mil alunos universitários por CEU, então nós podemos ter uma universidade municipal. Isso também é cuidar da educação básica, pois a gente está formando professores, tanto formação inicial quanto formação continuada. A gente vai qualificar os cursos de formação ainda mais para que a gente tenha uma formação continuada que efetivamente represente um impacto em sala de aula", afirmou Haddad.

 

A rede UniCEU foi implementada em 2013 e já beneficiou 8.817 alunos. Atualmente, 5.662 estudantes já estão em aula, com mais de 200 formados. No último domingo, o vestibular do curso de pedagogia do CEU Heliópolis, na zona sul, primeiro entregue por Haddad, teve mais de mil candidatos para 50 vagas – ou seja, mais de 20 candidatos para cada vaga. Para efeito de comparação, o processo seletivo de 2015 para o mesmo curso da Universidade de São Paulo (USP) teve oito estudantes por vaga.

 

No evento, Haddad também enalteceu a aprovação do primeiro Plano Municipal de Educação de São Paulo. “O plano é muito atual e de acordo com as leis vigentes. Com ele, alteramos para 33% da receita o investimento na educação, um feito inédito. Também reduzimos o número de alunos em cada sala de aula, dando mais qualidade à educação. Valorizamos os profissionais, demos autonomia para a escola e apoio para as famílias. É importante dialogar com todos”, afirmou.

 

São Paulo com dimensões de cidade educadora

A Educação é uma área prioritária para Fernando Haddad. No Ministério da Educação, onde atuou de 2005 a 2012, ele implantou o Piso Nacional do magistério, expandiu a rede de universidades federais para o interior e criou, entre outros programas importantes, o Programa Universidade para Todos, o ProUni. “Nós realmente tivemos um avanço importante, principalmente quando conseguimos acabar com a DRU [Desvinculação das Receitas da União] da educação. Também construímos o Fundeb com dinheiro novo, sem apenas dar novo encaminhamento ao orçamento. Saltamos de 20 para 100 bilhões os investimentos em educação em poucos anos”, disse.

 

Para Haddad, o entorno da escola deve receber a mesma atenção do gestor. Ele destacou a integração da comunidade às atividades escolares: “Integramos o ensino público à vida das famílias, com o cinema nos CEUs e a coleta seletiva, que é educação ambiental, também universalizamos a educação e implantamos LED nas ruas, para que pais e estudantes tenham mais segurança. A mãe trabalhadora também ganha, com as faixas exclusivas de ônibus, pois agora tem mais tempo para o seu filho. Deixamos São Paulo com dimensões de uma cidade educadora”, avaliou.

 

Para Haddad, se a cidade quiser continuar avançando na Educação, também é preciso fortalecer a autonomia de escolas, das creches, do ensino infantil e das universidades municipais. “A gente tem que ter a dimensão de escola com a participação das famílias na vida dos estudantes, exonerando a escola daquilo que não é sua atribuição, focando na sua responsabilidade, que é o direito a aprender. Também criamos condições para que os trabalhadores possam se envolver com a educação dos seus filhos”, disse. 

 

Haddad reafirma que é importante apostar cada vez mais na educação integral, com equipamentos de cultura e interação com assistência social fora da escola. “Isso precisa acontecer de forma integrada pra que subamos cada vez mais nos degraus da qualidade do ensino”, finalizou.

 

FOTOS: https://www.flickr.com/photos/145818034@N02/ 

 

Fonte: Assessoria de Campanha do Prefeito Fernando Haddad

 

Últimos artigos

Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais
Rui Falcão: As alternativas do PT para a Previdência
segunda, 13 março 2017, 19:03
  Em meio às manifestações contra o desmonte da Previdência (e foi notável a reação das mulheres no 8 de março, dia de luta também contra o conservadorismo e a violência), abre-se agora o debate sobre qual a melhor tática... Leia Mais