Caminhada das Mulheres com Haddad acontecerá nesta terça-feira (13) no centro

Compartilhar

 

O candidato a prefeito Fernando Haddad participará da caminhada com as mulheres nesta terça-feira (13). A concentração com ato e panfletagem ocorrerá a partir das 10 horas na Praça do Patriarca e seguirá em até a Praça da República.

A atividade com as mulheres, chamada de Dia Lilás terá a participação de lideranças do movimento  em defesa das mulheres.

Saiba um pouco mais das ações da gestão Haddad para as mulheres no texto de chamada para atividade feito pela Secretaria de Mulheres do PT da Capital Juliana Borges:

Além da criação da Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres, todas as políticas desenvolvidas pela gestão Haddad procuraram ter o recorte de gênero.

Na área de Trabalho, nos programas de qualificação e bolsas trabalho; na Assistência Social com o recorte de gênero para o aluguel social e priorizando mulheres em situação de violência; na Segurança, apesar da competência estadual, iniciamos o programa de LED na cidade priorizando áreas vulneráveis e interseccionando aos índices de assédio sexual e estupro.

Na área da Educação com a UNICEU, que atende majoritariamente mulheres das periferias, e as mais de 100 mil vagas em creches na cidade - a maior ampliação entre todas as gestões na história de São Paulo.

Na Saúde, com a diminuição em mais de 60% das filas em exames ginecológicos (mamografia e ultrassom de mamas e transvaginal) e com a humanização do parto como política prioritária pela melhor saúde da mulher mãe e do desenvolvimento do bebê.

Na Cultura, com a criação de editais garantindo nas bancas o olhar com o recorte de gênero, a ampliação da participação das mulheres em todos os eventos e programas da área cultural.

E na Mobilidade Urbana, entendendo que as mulheres são cerca de 55% das usuárias do transporte público na cidade e que, portanto, ganhar tempo em viagens, melhorar a qualidade dos ônibus, garantir faixas exclusivas, qualificação e mais corredores é melhor a qualidade de vida de milhares de mulheres na cidade, mulheres que enfrentam dupla, tripla jornadas.

Haddad fez uma gestão com e para as mulheres. São Paulo, como a cidade do espaço público e do convívio, é uma cidade cada dia mais de todas as mulheres que aqui vivem.

Vem com a gente! Pense e faça diferente! #PenseDiferenteSP #Haddad13

 

Serviço:

Dia Lilás - Caminhada das Mulheres com Haddad

Data: 13/09 (terça-feira)

Horário: Concentração às 10horas

Local: Praça do Patriarca caminhada até a Pça da República

 

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais