Em São Paulo, centenas de militantes fazem ato em apoio a Lula

Compartilhar
 
O povo se juntou em frente do hotel onde Lula fez pronunciamento à imprensa sobre denúncia descabida do MPF. Ex-presidente depois foi até o local receber solidariedade

O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva durante discurso sobre a denúncia do MPF contra ele e sua mulher Marisa Letícia por crimes de corrupção. Na foto: Lula e o prefeito de São Paulo Fernando Haddad, do lado de fora do hotel Jaraguá. Foto: Ricardo Stuckert

O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva durante discurso sobre a denúncia do MPF contra ele e sua mulher Marisa Letícia por crimes de corrupção. Na foto: Lula e o prefeito de São Paulo Fernando Haddad, do lado de fora do hotel Jaraguá. Foto: Ricardo Stuckert

Enquanto o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva falava à imprensa nesta quinta-feira (15), rebatendo as denúncias vazias do Ministério Público Federal, centenas de pessoas se reuniram no centro de São Paulo em solidariedade ao petista.

Estavam presentes no hotel senadores, deputados, militantes e representantes do Partido dos Trabalhadores, da juventude e de movimentos sociais. Enquanto o ex-presidente falava, todos acompanhavam atentamente por alto-falantes instalados na rua.

A militância mostrou sua solidariedade com gritos como “Olê, Olá, Lula, Lula” e “O Lula é meu amigo, mexeu com ele, mexeu comigo”.

Questionados sobre as denúncias do MPF, todos se mostraram indignados com a falta de provas contra o ex-presidente e foram unânimes ao classificar como espetáculo midiático.

“Eu achei uma hipocrisia”, disse Carlos Vieira, gerente de compras. Para ele, a denúncia do MPF foi falsa, “como se a gente estivesse sem um Judiciário para defender nossos direitos no Brasil. Foi algo desenhado através de figuras de power point, que não representa nada para a justiça brasileira”.

Lula recebeu apoio da militância na rua (Foto: Paulo Pinto/Agência PT)

Lula recebeu apoio da militância na rua (Foto: Paulo Pinto/Agência PT)

A militante do PT Vivian Mendes considerou as denúncias uma “bandidagem”. “Um órgão público que se propõe a ter ações tão golpistas, que na verdade são para reforçar o golpe, está fugindo completamente do seu escopo de atuação”.

Para ela, a Lava Jato está buscando perseguir e criminalizar o PT. “É claramente perseguição a um partido político que fez muito pelo país e pela população mais pobre. É isso que eles estão tentando destruir”.

De acordo com o advogado Lelo Purini, “a denúncia só mostra que os setores conservadores têm muito medo da democracia e do voto. Inventam acusações contra o Lula porque não conseguem ganhar nas urnas”.

“Aquilo foi uma palhaçada, um circo midiático”, avaliou o estudante Alfredo. “Mostra que os procuradores não têm compromisso com a democracia nem com o nosso país, eles só querem aparecer e denegrir a imagem do Lula, sem apresentar provas contundentes para o que eles falaram”.

O estudante acrescentou que a denúncia “ficou muito mais na base da especulação e do circo midiático do que apresentar provas contundentes do que estão falando”.

">" type="application/x-shockwave-flash" allowfullscreen="true" width="574" height="465">

Fonte: Agência PT de Notícias

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais