São Paulo: Zona Leste celebra chegada da primavera e Dia Mundial da Paz

Compartilhar

 

 

Nesta quarta-feira (21), a Coordenadoria Regional de Saúde Leste (CRSLeste) promoverá o 8º Encontro de Práticas Corporais da Zona Leste. O evento marcará a chegada da Primavera (22/09), no Parque das Nebulosas, em São Mateus, a partir das 9h.

Em razão de o 21 de setembro ser Dia Mundial da Paz, os grupos de práticas corporais das supervisões e unidades da CRS Leste também farão atividades em prol da paz. A iniciativa, segundo Ana Rabaçal, interlocutora de Medicinas Tradicionais, Homeopatia e Práticas Integrativas da Saúde (MTHPIS) da coordenadoria, é contribuir com a celebração que ocorre em todo o mundo.

Instituída pela Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU) desde 2002 como dia do cessar fogo e da não violência em todo o mundo, a iniciativa tem por objetivo estimular na data ações pela paz. Para isso, danças circulares serão estimuladas nos serviços de saúde da região Leste, por fazer parte do Movimento da Cultura de Paz.

Trabalhadoras da Saúde também abordarão o tema da Cultura da Paz, chamando as pessoas à reflexão e à sensibilização para rever valores e fazer escolhas em favor de uma vida mais harmônica e consciente no Planeta.

Danças Circulares

Também chamadas como Danças dos Povos, as práticas são desenvolvidas no Brasil desde 1984 e vêm se espalhando com muita força em todo o território. O movimento intitulado Danças Circulares Sagradas nasceu com o coreógrafo alemão/polonês Bernhard Wosien em 1976. Na ocasião, ele visitou a Comunidade de Findhorn, no norte da Escócia, e pode ensinar, pela primeira vez, uma coletânea de Danças Folclóricas para os residentes.

A Dança Sagrada fez parte de rituais em várias comunidades e períodos da história da comunidade. O círculo, símbolo universal, tendo como centro muitas vezes o fogo ou objetos sagrados como talismãs e flores, representava o espaço da comunidade para celebrar rituais de passagem como nascimento, casamento, morte e outros momentos importantes da vida humana.

A dinâmica das Danças Circulares Sagradas é simples. Um círculo é formado e, aos poucos, as pessoas começam a internalizar os movimentos, liberar a mente, o coração, o corpo e o espírito. O principal enfoque dessa dança não é a técnica, mas o sentimento de união de grupo, o espírito comunitário que se instala a partir do momento em que todos, de mãos dadas, apoiam e auxiliam os companheiros.

Programação

21/09 – 9h

São Mateus

 


Dançando pela Paz – Recepcionando a Primavera
Parque das Nebulosas – Rua das Nebulosas, s/nº - Jardim Santa Bárbara

10h

 


Ermelino Matarazzo

 


Grupo de conselheiros gestores que estão participando do curso de formação fará a prática de Dança Circular.
Auditório do Hospital Alípio Correa Neto Ermelino Matarazzo - Rua Rodrigo Brum, 1989
 
Fonte: Assessoria de Imprensa e Comunicação Regional Leste

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais