LED na periferia de SP ilumina as ruas e muda a vida de moradoras

Compartilhar
 
Mulheres destacam que iniciativa pioneira da gestão de Fernando Haddad (PT) faz com que elas se sintam mais confortáveis no trajeto de retorno para casa

Moradoras de Guaianazes dizem sentir mais segurança com luz de LED

Moradoras de Guaianazes dizem sentir mais segurança com luz de LED

 
 
Moradores e moradoras de bairros afastados que chegam tarde em casa, após um longo dia de trabalho ou estudo, têm sentido uma grande diferença na iluminação pública. É a luz de LED, que aumentou a segurança das pessoas para caminharem na rua, especialmente na periferia.

É o que relata Tamires Sobral, estudante de 23 anos que mora há quatro em Guaianazes: “As ruas eram bem mais escuras e desde a implantação do LED, que foi no começo deste ano, o bairro tem outra cara”.

Assim como a região central da Avenida Paulista, vários bairros da periferia receberam o novo modelo de lâmpadas na gestão de Fernando Haddad, candidato a reeleição pelo PT. O LED gasta metade da energia e ilumina muito mais que as antigas lâmpadas de mercúrio ou sódio, além de ter duração média de 12 anos.

Investimento

O programa LED nos Bairros começou em Heliópolis, que recebeu 1.300 pontos de luz, e hoje é realidade também no Jardim Monte Azul (534 pontos), Jardim Helena (5.900), Jardim Ângela (12.164), Sapopemba (11.300), Brasilândia (10.170), Lajeado (7.181) e no Distrito de Raposo Tavares (5.100).

No total, já foram instalados mais de 56 mil pontos de LED na cidade, muitos deles em regiões periféricas. O projeto do prefeito é que até 2018 São Paulo seja a primeira metrópole 100% iluminada por luz de LED no mundo.

Segundo Haddad, o projeto promoveu uma “pequena revolução na segurança da cidade”. “Se você for a Sapopemba, Guaianases, Heliópolis, você verá uma nova cidade à noite. LED transforma noite em dia”, afirmou.

Luz de LED ilumina ruas de Guaianazes

Luz de LED ilumina ruas de Guaianazes

Tamires também conta que por causa da luz de LED, “no entorno tem duas praças que agora têm um movimento grande, dá para ver as famílias vindo para a rua. No centro de Guaianazes tem wi-fi livre, é um combo com a iluminação, então dá para ficar lá domingo à tardinha”.

Para ela, “a necessidade da reeleição do Haddad é eminente para a cidade de São Paulo e para os residentes da Zona Leste e da periferia como um todo”.

Outra moradora de Guaianazes, a estudante Caroline De Souza Seemann, reforça a importância da iluminação para sua segurança. “Eu chego muito tarde da faculdade ou de outro lugar e antes eu descia a rua com medo, desesperada para chegar em casa”, relata ela, que agora caminha tranquilamente por seu bairro, mesmo após escurecer.

“A luz de LED foi o que mais me afetou no quesito ser mulher, negra, moradora da periferia, eu ando com menos medo e isso é muito importante para mim”, explica Caroline.

Fonte: Agência PT de Notícias

Últimos artigos

Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais
Rui Falcão: As alternativas do PT para a Previdência
segunda, 13 março 2017, 19:03
  Em meio às manifestações contra o desmonte da Previdência (e foi notável a reação das mulheres no 8 de março, dia de luta também contra o conservadorismo e a violência), abre-se agora o debate sobre qual a melhor tática... Leia Mais