Gestão Haddad: 40ª Mostra Internacional de Cinema terá programação nas salas públicas do Circuito Spcine

Compartilhar

 

 

A partir da próxima quinta-feira (20), as 18 salas públicas do Circuito Spcine receberão atividades da 40ª Mostra Internacional de Cinema. Nos 15 espaços dos CEUs, acontecerão exibições gratuitas de filmes estrangeiros como “O ídolo”, do diretor palestino Hany Abu-Assad; “Heartstone”, do islandês Gudmundur Arnar Gudmundsson; e “Onde está o Rocky II?”, do francês Pierre Bismuth. A programação seguirá até o dia 2 de novembro.

É a primeira vez em 40 anos que a seleção da Mostra chega com tantas exibições fora do centro expandido na cidade. Todos os filmes escolhidos para os CEUs terão classificação indicativa livre, com o objetivo de atrair novas plateias e promover formação de público nas periferias da cidade. As salas Spcine Olido, Spcine Lima Barreto e Spcine Paulo Emílio, as duas últimas no Centro Cultural São Paulo, também recebem a programação, com ingressos populares.

A programação completa da mostra está disponível no site do evento, que tem apoio institucional da Secretaria Municipal de Cultura e parceria da Spcine. A programação completa das salas públicas de cinema pode ser consultada no site do Circuito Spcine. A 40ª Mostra é composta por seis seções: Homenagens, Apresentações Especiais, Foco Polônia, Competição Novos Diretores, Mostra Brasil e Perspectiva Internacional. A abertura acontecerá no dia 19 de outubro, no Auditório Ibirapuera.

Pela primeira vez, o encerramento da Mostra Internacional de Cinema acontecerá na área externa do Auditório Ibirapuera, com a exibição do clássico “A General”, de Buster Keaton e Clyde Bruckman, com acompanhamento ao vivo da Orquestra Sinfônica de Heliópolis. Além da programação cultural, uma novidade desta edição é o seminário internacional “Cinema, Soft Power e os Brics”, que será realizado em São Paulo por meio de uma parceria entre a Universidade de Leeds, na Inglaterra, o Instituto Iniciativa Cultural e a Spcine.

Circuito Spcine
Em março, a Prefeitura iniciou a implantação de salas públicas de cinema em toda a cidade. Além dos 15 espaços nos CEUs, que oferecerem sessões gratuitas na periferia, outras três salas na região central contam com ingressos a preços populares. Atualmente, estão em operação cinco cinemas na zona leste, cinco na região sul, três na oeste e duas na região norte.


A abertura dos espaços para exibição leva em conta um estudo da JLeiva que apontou que, na média de toda a cidade, 10% dos paulistanos nunca foram a uma sala de cinema. Nas classes D e E, esse número sobe para 30%. Quando todas as 20 salas estiverem em operação, a Spcine estima que serão cerca de 200 sessões semanais, com expectativa de 960 mil espectadores por ano.

Todas as salas contam com equipamentos de projeção digital Christie 2D/2K, capacidade de fluxo luminoso de 10 mil lumens e sistema de som Dolby 5.1, importados do Canadá, com tecnologia de ponta. O investimento total de equipamentos em todo o projeto foi de R$ 7,4 milhões, além de mais R$ 2,5 milhões para a operação das salas.

Fonte: Portal Prefeitura de SP

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais