'Ruas Abertas é novo modo de interagir com a cidade', diz Haddad

Compartilhar

 

Paulista aberta

Desde 2015, Avenida Paulista, coração financeiro de São Paulo, é ocupada com manifestações artísticas e esportivas aos domingos e feriados

São Paulo – O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), recebeu o prêmio da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) na categoria “urbanidade” pelo programa Ruas Abertas, que, todos os domingos e feriados, limita o trânsito de veículos na Avenida Paulista e abre a via como espaço de lazer para a população. Desde 2015, entre a Praça Oswaldo cruz e a Rua da Consolação, das 10h às 18h, a avenida conhecida como coração financeiro de São Paulo é tomada por centenas de pessoas que ocupam o espaço com manifestações artísticas, culturais e esportivas.

“Fico muito contente com essa notícia porque, de fato, as ruas abertas proporcionaram ao paulistano um novo modo de interagir com a cidade, apreciar arte e cultura, dançar, ouvir boa música, fazer exercícios físicos, descansar e conviver harmoniosamente por aqui. De Parelheiros à Paulista, viva São Paulo!”, disse Haddad em sua conta no Facebook.

Em 26 de junho, por meio de decreto, a prefeitura oficializou o programa Ruas Abertas. Pela determinação, as subprefeituras devem definir, de forma participativa, quais vias públicas que irão participar do programa, assim como os dias e horários. As vias indicadas têm de ser submetidas a estudos de viabilidade pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Além da Avenida, Paulista pelo menos 22 outras ruas já abrem para a população paulistana aos domingos e feriados.

Quando foi lançado, o projeto causou polêmica. A promotoria do Ministério Público de São Paulo chegou a propor que uma faixa da Paulista ficasse liberada para os veículos, mas a proposta não foi aceita pela prefeitura. A proposta, no entanto, foi defendida por diversos grupos da sociedade civil. Desde 2007, a Paulista era aberta para a população apenas três vezes por ano: no réveillon, na corrida de São Silvestre e na Parada Gay.

Mais prêmios

Na última semana, a gestão Haddad já havia ganho o prêmio "Desafio dos Prefeitos 2016", organizado pelo ex-prefeito de Nova York Michael Bloomberg, que premia as melhores práticas urbanas no mundo para o desenvolvimento sustentável. Ao todo, 290 cidades se inscreveram e São Paulo ficou em primeiro lugar com o projeto “Ligue os pontos”, uma plataforma digital que pretende potencializar as políticas públicas relacionadas à cadeia de valor da agricultura familiar, envolvendo produtores, distribuidores e consumidores.

A prefeitura recebeu US$ 5 milhões que serão investidos de no projeto de agricultura familiar em Parelheiros. “São Paulo é uma cidade de diversas faces, visíveis na pujança de sua indústria, no seu comércio e na sua cultura. Para mim, é um orgulho muito grande falar desta face pouca conhecida: a de 40 mil pessoas que vivem na zona rural de São Paulo e que ainda esperam o reconhecimento do território rural como parte integrante da cidade”, afirmou o prefeito Fernando Haddad, no anúncio da seleção. O prêmio foi entregue na Cidade do México, na última quarta-feira (30).

As outras quatro cidades finalistas foram Bogotá, com um projeto de educação no transporte escolar; Santiago, com o programa “Atividade física nas escolas como forma de combater obesidade de estudantes e professor”; Guadalajara, com a apresentação de um banco de dados para processos de licitação pública; e Medellín, que mostrou o “Banco na Quadra”, que permitiria pequenas operações de crédito sem burocracia e que elimina a presença do agiota, normalmente ligado ao tráfico. Cada uma recebeu prêmio no valor de US$ 1 milhão.

 

Fonte: Rede Brasil Atual

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais