Chico Macena: O atual projeto da prefeitura para uma ciclovia na avenida Paulista deve ser implementado?

Compartilhar

O atual projeto da prefeitura para uma ciclovia na avenida Paulista deve ser implementado?

Ir e vir com mais segurança

SIM

Em janeiro de 2015 fará sete anos que a ciclista Márcia Prado morreu pedalando na avenida Paulista. Na época muitos perguntaram: “O que ela estava fazendo lá?”. Um projeto para a avenida já poderia ter sido desenvolvido na reforma das calçadas realizada em 2008, mas não foi.

Durante muitos anos a Paulista virou palco de manifestações de cicloativistas e de cidadãos que defendem o direito de pedalarem com segurança e respeito.

A Paulista é um importante eixo de mobilidade da cidade. Por que, então, existe uma grande polêmica em torno dos 20 centímetros de faixa, hoje destinadas aos veículos e que, no futuro, serão utilizados para a construção da ciclovia da Paulista? Por que uma ciclovia na avenida pode ser tão interessante?

As avenidas Paulista e Bernardino de Campos permitem a interligação entre a região do Jabaquara, de Perdizes, da Lapa, de Pinheiros, do Pacaembu e as ciclovias do centro. Um eixo equivalente ao Norte- Sul ou Leste-Oeste. Esse eixo que contempla as universidades, equipamentos culturais e de serviços é composta de outros polos de atração e geração de viagens de todo e qualquer tipo de transporte, inclusive o de bicicletas.

As bicicletas já estão na avenida Paulista. A Pesquisa Origem e Destino de 2007, já indicava que a região gerava quase 2.000 viagens de bicicleta por dia. Se somar as zonas da pesquisa de 2007 ao longo desse eixo, o potencial de geração de viagens de bicicletas sobre para 10 mil. E um único dia em 2010, no cruzamento da Paulista com a avenida Brigadeiro Luís Antônio, passaram 733 ciclistas.

Desde os anos 1980, estudos vêm sendo feitos para demonstrar a necessidade das ciclovias na cidade. Em 2007, a cidade institucionalizou a demanda, por meio da lei n°14.266, de minha autoria, que criou o Sistema Cicloviário do Município de São Paulo. A lei determina que o “transporte por bicicleta deve ser incentivado em áreas apropriadas e abordado como modo de transporte para as atividades do cotidiano, devendo ser considerado modal efetivo na mobilidade da população”.

Bem, isso demonstra que a cidade já vem pensando no assunto há pelo menos três décadas. Entretanto, só agora, na gestão do Prefeito Fernando Haddad, o assunto passou a ser prioridade. Nos últimos três meses, foram implantados 70, 5 km de espaços específicos e específicos e compartilhados para o trânsito de bicicletas.

O atual projeto de construção da ciclovia na avenida Paulista reforça a política de mobilidade sustentável, garante a segurança dos pedestres e é parte desse programa maior que vem sendo discutido com a sociedade e que será palco de debates na Semana da Mobilidade, ação que ocorre até esta quinta (25). Portanto, o programa de ampliação do sistema cicloviário da cidade tem planejamento e estudo técnico sólido, ao passo que hoje, 88¢ da população se declara a favor da ampliação de ciclovias, conforme pesquisa Ibope divulgada na última quinta (18).

A gestão Fernando Haddad quer construir uma cidade que, além de proporcionar segurança e proteção aos ciclistas, incentive a demanda, promova humanização, saúde, qualidade de vida, direcionamento do desenvolvimento urbano, ocupação dos espaços públicos da cidade e a possibilidade e o prazer de ver o sol e sentir o vento.

Não se trata de delírio. A política pública de mobilidade, que inclui a construção de ciclovias, é a garantia do direito de ir e vir com mais segurança. Pesadelo é não ter uma cidade para todos.

Chico Macena, 52, formado em administração de empresas, é secretário de Governo da Prefeitura de São Paulo e autor da lei do sistema cicloviário do município.

Fonte: Artigo publicado originalmente na Folha de SP

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais