Por Alberto Cantalice: Força das redes sociais do PT fez a diferença

Compartilhar

Vítima de um cerco sistemático das forças conservadoras e reacionárias, a militância do Partido dos Trabalhadores com vigor e coragem rompeu esse cerco e disputou as pautas das redes sociais de igual para igual.

Sem medo de ser feliz, mais uma vez enfrentamos os adversários e todos os tipos de detratores. Firmes no propósito de garantir a continuidade do vitorioso Projeto Democrático e Popular iniciado por Lula e continuado por Dilma, fomos à luta.

O entusiasmo e a alegria levaram de volta às ruas de todo o País milhares e milhares de militantes, filiados e simpatizantes petistas.

A perspectiva do retrocesso fez com que se somassem a esse propósito ativistas e cidadãos dos mais variados pensamentos progressistas que resolveram, voluntariamente, dedicar parte do seu tempo à tarefa de reeleger a presidenta Dilma e repelir o atraso.

O trabalho foi árduo. Enfrentamos todo tipo de infâmias, mentiras e invencionices. Não esmorecemos.

A democracia é o valor fundamental que nos move. Democracia com povo. Não compactuaremos jamais com a lógica do pensamento único onde ilações e denuncismos sejam propalados como verdades absolutas e sem direito ao contraditório, fatos bastante em voga em parte da grande mídia brasileira.

A aprovação do Projeto de Lei em tramitação na Câmara do Deputados, que garante o Direito de Resposta na mídia, urge.

A liberdade de opinião tem que ser um direito de todos.

Alberto Cantalice é vice-presidente do PT e coordenador de mídias sociais do partido

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais