Por Padilha, Denise Motta Dau, Suplicy e Mauricio Pestana: “Precisamos falar sobre Gênero e Raça na escola”

Compartilhar

 

O que será de São Paulo se não aprender a conviver e respeitar sua diversidade entre 12 milhões que aqui moram e quase 20 milhões que dela se utilizam?


Inovações do governo municipal buscam lidar com esses desafios contemporâneos, por meio da ocupação democrática do espaço público, inclusão e ampliação de direitos. São projetos como o Transcidadania, Centro de Referência para Imigrantes, Guardiã Maria da Penha, Biblioteca Temática Feminista Cora Coralina, adoção de cotas raciais para concursos da administração pública e a ampliação da participação mais inclusiva nos Conselhos Municipais.


A gestão do Prefeito Fernando Haddad inova também ao incluir metas ousadas no Plano Municipal de Educação, em tramitação na Câmara Municipal, como o compromisso de universalizar a demanda pública por creches nesse período. Mas o avanço na educação não pode vir acompanhado de desrespeito e intolerância à diversidade de cada um, sobretudo nos espaços de formação.


Gênero, assim como raça, é uma categoria de análise da sociedade como um todo, não somente das mulheres. Sua contextualização vem da percepção de que as relações de poder e vivências não são naturais, mas culturalmente construídas. Ao invés de se estabelecer formas de comportamento padronizadas para homens e mulheres, é preciso valorizar comportamentos que expressem interesses, talentos, qualidades, traços diversos que compõem as pessoas. A abordagem escolar é fundamental no processo de reprodução ou desconstrução dessa realidade, e um Plano Municipal de Educação para os próximos 10 anos deve considerar essas dimensões. São Paulo tem tudo para mostrar um caminho diferente.


Convidamos a população a refletir sobre o tema, em pauta no plenário da Câmara Municipal de São Paulo. Afinal, há a necessidade sim, de se falar sobre igualdade de gênero e diversidade, de forma a encaramos as desigualdades e, enfim, superá-las.


Alexandre Padilha, Secretário Municipal de Relações Governamentais
Denise Motta Dau, Secretária Municipal de Políticas para as Mulheres
Eduardo Matarazzo Suplicy, Secretário Municipal de Direitos Humanos e Cidadania
Mauricio Pestana, Secretário Municipal da Promoção da Igualdade Racial

Últimos artigos

Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais
Rui Falcão: As alternativas do PT para a Previdência
segunda, 13 março 2017, 19:03
  Em meio às manifestações contra o desmonte da Previdência (e foi notável a reação das mulheres no 8 de março, dia de luta também contra o conservadorismo e a violência), abre-se agora o debate sobre qual a melhor tática... Leia Mais