Por Rui Falcão: Lula deu nome aos bois

Compartilhar

 

O aniversário de 36 anos do PT, antecipado por uma proveitosa reunião do Diretório Nacional (vejam as resoluções aprovadas na Agência PT), lavou a alma da militância. 

Foi lá, durante as comemorações, que o ex-presidente Lula respondeu aos ataques que vem sofrendo. Deu nome aos bois (Globo, Veja et caterva dos jornalões) e responsabilizou setores do Ministério Público, do Judiciário e da Polícia Federal pela perseguição odiosa a ele e ao PT.

Lembrando suas origens e reafirmando que nunca cometeu qualquer irregularidade, dentro ou fora do governo, explicou que eles não se conformam que um operário tenha mudado tanto a vida dos brasileiros. 

Elogiou a mobilização da militância, razão de ser do PT, e disse que, se quiserem impedir sua luta terão de fazê-lo “nas ruas”.

Defendeu o governo da presidenta Dilma e, também, o direito de o PT dela discordar – como agora quando da apresentação do nosso Plano Nacional de Emergência.

Por fim, na fala que provocou grande comoção, acenou com seu retorno em 2018, se for necessário para dar continuidade ao nosso projeto.

Na abertura das comemorações, conclamei a militância, simpatizantes e aliados a se engajarem na campanha em defesa da Petrobrás, sob ameaça dos entreguistas a serviço das petroleiras internacionais.

Rui Falcão é presidente nacional do PT

Últimos artigos

Por Rui Falcão: Uma semana decisiva que culmina dia 28
segunda, 24 abril 2017, 18:14
    O PT apoia e participa da greve geral nesta sexta-feira, e sua Executiva Nacional estará em Curitiba dia 2 de maio, em homenagem à festa da democracia do dia 3   Paulo Pinto/Agência PT Ato preparatório para a greve geral do... Leia Mais
Por Rui Falcão: A necessidade de derrubar Temer e eleger Lula
terça, 18 abril 2017, 15:08
  Nosso caminho é aumentar as mobilizações, repelir o canto de sereia dos acordos por cima, defender os direitos e lutar pela antecipação das eleições   A impopularidade e o descrédito crescentes de Temer & seus asseclas; a... Leia Mais
Simão Pedro Chiovetti: A gestão Doria – vender SP
quarta, 12 abril 2017, 16:37
  Doria em menos de 100 dias demonstrou que não tem apego algum por SP e muito menos pelos paulistanos da periferia e classe média   Próximo de completar apenas 100 dias à frente da Prefeitura de SP, já é possível perceber que as... Leia Mais
Por Vitor Marques: 100 dias de governo João Doria: a São Paulo virtual e a São Paulo real
quarta, 12 abril 2017, 15:06
  Empossados os novos governos, via de regra, é esperado que a população tenha uma receptividade e uma tolerância maior com aqueles que estão iniciando a nova gestão. Este período é conhecido no vocabulário político como “lua... Leia Mais
Por Emídio de Souza: Algo está errado
terça, 11 abril 2017, 21:35
  Algo está errado. Contrariando a tradição da política brasileira, um partido chama seus filiados a debater seu futuro e escolher seus dirigentes. Mais de 250 mil atendem ao chamado e, sem serem obrigados, vão às urnas em quase 4... Leia Mais