Povo tomará as ruas no dia da votação de denúncia contra Temer

Compartilhar

 

Central de Mídia FBP

Frente Brasil Popular fará atos em todas as capitais no dia 2 de agosto

 

No dia da votação da denúncia contra o usurpador Michel Temer na Câmara dos Deputados, 2 de agosto, os movimentos sociais, trabalhadoras e trabalhadores irão às ruas de todo o país pedir  Fora Temer, Diretas Já! e a revogação das reformas Trabalhista e da Previdência.

A Frente Brasil Popular, articulação que reúne os principais movimentos sociais do País, realizará atos nas capitais de todo o Brasil.

“Vamos fazer uma campanha no Brasil e no mundo. No dia 2, nós vamos fazer mobilizações em todo país, mobilizações que ajudam no debate político de denúncia do golpe e pelas diretas”, afirma Ivan Alex Lima, secretário de Movimentos Populares.

“É muito importante o PT e a Frente Brasil Popular ter uma relação de diálogo, de interlocução, para fortalecer as nossas mobilizações pelas diretas, isso que é o central. Ou seja, a nova direção o PT reafirma a relação política estratégica com a Frente Brasil Popular”, completa.

A denúncia contra Temer foi feita após o presidente ilegítimo ser gravado pelo dono da JBS. Joesley se encontrou com Temer para negociar casos de corrupção, em pleno Palácio do Jaburu. O assessor dele, deputado Rocha Loures, foi gravado carregando uma mala com 500 mil dólares que, segundo o dono do frigorífico, era destinado a Temer.

Cada estado definirá o formato do ato ou atividade, mas a secretaria da Frente divulgou uma circular para que as organizações se empenhem para colocar telões para acompanhamento da votação. Além disso, a Frente orientou que as entidades façam pressão até o último momento para mudar o posicionamento dos deputados favoráveis ao presidente ilegítimo.

No Rio de Janeiro, será feita uma vigília no centro da cidade. Em Brasília, a manifestação será em frente ao Congresso Nacional. A concentração está sendo marcada para às 17 horas.

Agosto de lutas 

Durante a reunião do coletivo nacional, os movimentos ressaltaram os impactos da reforma trabalhista para os trabalhadores e trabalhadoras brasileiras e encaminharam a realização de uma campanha para revogar a lei recém aprovada que desmonta a Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT).

Outro ponto de pauta foi a retomada da campanha em defesa da aposentadoria. Para as lideranças que compõem a Frente, é fundamental que as atividades para conscientizar a sociedade sobre o impacto da reforma da previdência sejam retomadas.

Com essa finalidade será realizada uma jornada de lutas no mês de Agosto. As manifestações e atos serão construídas em diálogo com a Jornada das Juventudes Brasileiras, convocada por jovens de diferentes organizações e a União Nacional dos Estudantes e a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas.

 

Calendário Geral dos Movimentos

25 de Julho a 1º de Agosto: Dia do Trabalhador Rural – Jornada nacional de luta pela terra do MST

2 de Agosto – Dia da votação no Congresso Nacional do afastamento de Temer – Grande Ato político pelo Fora Temer.

11 de Agosto – Tribunal popular que julgará a Lava Jato, em Curitiba

11 de Agosto – Posse da Diretoria da UNE no Largo São Francisco em São Paulo

14 a 18 Agosto – Jornada Nacional da Juventude Brasileira e Ocupa Brasil: realização de ações de agitação nos municípios.

17 de Agosto – Dia central de mobilização do Ocupa Brasil: atos nos municípios denunciando Reforma da Previdência.

28 e 31 de Agosto – Congresso da CUT – São Paulo

4 a 7 de Setembro: Jornada Nacional em Defesa da Soberania: Realizar atividades em defesa da Petrobras, das estatais, e denúncia da ação do capital estrangeiro nas terras, recursos naturais, transnacionais, etc.

3 de Outubro – Aniversário da Petrobrás – Grande ato no Rio de Janeiro

16 à 18 de Novembro – Encontro da Jornada pela Democracia e contra o neoliberalismo em Montevideo.

1 à 3 ou 8 à 10 de Dezembro – II Conferência Nacional da FBP

2018

13 à 18 de Março – Fórum Social Mundial em Salvador

17, 18 e 19 de Março – Fórum alternativo mundial das águas, em Brasília- UNB

 

Fonte: Agência PT de Notícias com a Frente Brasil Popular

 

 

Últimos artigos

Por Alexandre Padilha: Doria e Alckmin fazem gestão insana em SP
terça, 15 agosto 2017, 19:27
    Ex-ministro da Saúde escreveu artigo para revista Fórum sobre ação criminosa que dupla tucana fez na Cracolândia, em São Paulo   Eduardo Ogata / SECOM Ação truculenta na região da Cracolândia, centro de São Paulo Nesta... Leia Mais
Por Erik Bouzan, Vivian Mendes e Ingrid Guzeloto: Por que ocupamos a Câmara
sábado, 12 agosto 2017, 14:20
  A tarde de 9 de agosto de 2017 ficará marcada como exemplo de unidade, ousadia e resistência ao desmonte das políticas públicas promovido pelo tucanato na cidade de São Paulo. Diversos movimentos estudantis, culturais e de... Leia Mais
Maurílio Araújo: Ainda podemos derrotar a reforma trabalhista!
quinta, 20 julho 2017, 20:51
    A lei no. 13.467/17, vulgo "reforma trabalhista", aprovada por um congresso composto em sua expressiva maioria por representantes patronais corruptos e sancionada por aquele que talvez seja o maior bandido golpista que já sentou ... Leia Mais
Por Antônio Donato e Paulo Fiorilo: Pacote de concessões é cheque em branco
quinta, 20 julho 2017, 20:48
  É chocante a superficialidade do artigo do secretário de Desestatização da Prefeitura de São Paulo. Wilson Poit, publicado na Folha em 5/7. Sem argumentos convincentes, o texto é pródigo em autoelogios, cheio de generalidades e... Leia Mais
Por João Bravin: Por que não formar uma Rede de Transmissão Democrática de Comunicação?
quinta, 06 julho 2017, 18:39
  Uma rede de esquerda, ampla, para contrapor à comunicação monopolizada da Rede Golpista de rádios, TVs e web. Resolvi escrever sobre um tema que é muito caro para a esquerda como um todo: a falta de comunicação com uma grande... Leia Mais